Finalmente começou a jornada de 7 dias pela Região Sul. Como prometi vou tentar trazer um pouco da experiência de cada dia aqui.

Origem São Paulo Capital – Destino: Curitiba

A viagem já começou com uma surpresa. No início do planejamento estava programado para realizar a jornada 4 motos, porém um de nossos colegas uma semana antes sofreu um acidente de moto indo para Tiradentes MG. Com isso gerou uma dúvida na turma se iria conseguir ir rodar.

Até o momento está aqui e inteiro.

Saímos de São Paulo da zona norte por volta das 8h30 da manhã. Existe dois meios para chegar em Curitiba via Regis Bittencourt e pelo Rastro da Serpente.

Decidimos vir pelo Rastro da serpente, todos da turma já tinham passado por essa estrada e eu ainda não conhecia por isso a vontade.

Saímos pela castelo Branco com desdino a Sorocaba, no intuito de tomar café no caminho acabamos se perdendo um pouco em Sorocaba mesmo com GPS.

Retornamos para estrada com destino a capão bonito, não passou 10km achamos um posto para abastecer e tomar um café. após 130km rodados

A vantagens de viajar assim é que vc procura resolver suas necessidades não vai atrás de luxo, poderia parar num frango assado mas deixaria 50,00 reais apenas para comer um pão e um café. Na primeira parada um pão na chapa é um café R$ 6,00.

Seguimos viagem rumo a capão bonito, trecho tranquilo com velocidade máxima 100km/h estrada tranquila seguimos viagem. Fizemos uma primeira parada só para tirar foto pois havíamos rodado 120km a mais.

Rastro da serpente Capão Bonito

Como havia mais 90km para Apiai decidimos seguir viagem e abastecer no local.

A estrada bem gostosa cheia de curvas eu achando que chegando em apiai acabaria as curvas pois havia pesquisado antes a serra da serpente tem 243 curvas

Chegando em Apiai paramos na entrada para descansar e bater umas fotos é claro colocar alguns adesivos do Barbatos para dizer que passamos por lá.

Rastro da Serpente Apiai

Na parada tem uma lojinha de artesanato e um barzinho para refrescar um pouco a garganta um dos caras resolveu parar para beber algo acabei indo na loja de artesanato e comprei um patch para colocar no colete.

Desde da última vez que abastecemos já tínhamos rodados mais 210km então paramos mais uma vez apenas para abastecer. A próxima seria em Curitiba.

Nunca vi tanta curva em uma estrada, onde a placa apontava para direita e você ainda estava fazendo a curva para esquerda. Se meu pneu estava ficando quadrado acho que arrumei ele no trajeto.

Continuamos por quase 80km, como nunca peguei a estrada fui um pouco mais na cautela. pois existe trecho onde não bate muito a luz do sol parece que a pista está sempre molhada então achei um pouco prudente ir com calma, é só o primeiro dia.

Resolvemos encostar numa lanchonete no meio da estrada ainda faltando 80km para chegar em Curitiba para esticar o corpo a estrada consome muito da moto e do motociclista.

Não lembrava de pegar um trecho que fiquei tão cansado com tão pouca distância.

Após beliscar algumas coisas tomar uma coca cola resolvemos, sair e continuar próxima parada Hotel em Curitiba.

Finalmente chegamos no período da tarde.